domingo, 25 de dezembro de 2011

Atraso na entrega é maior reclamação contra construtoras, diz Procon; veja lista

FOLHA- SÃO PAULO - 17/05/2012 

O Procon divulgou o ranking das construtoras que mais tiveram reclamações neste ano.

Até o dia 10 de maio, o órgão recebeu 3.017 queixas, pedidos de orientação e esclarecimento de dúvidas sobre compra de imóveis. Segundo o Procon, o ranking é feito com base em reclamações que precisaram de mediação para resolver o problema.



A empresa com mais reclamações foi a Gafisa/Tenda, seguida por PDG e MRV.
A principal queixa foi sobre atraso na entrega de imóveis. "As reclamações sobre atrasos na entrega estão aumentando e preocupam. Tentamos negociar solução do problema junto às construtoras, mas se isso não for possível as empresas são autuadas pelo abuso", diz o diretor executivo do Procon-SP, Paulo Arthur Góes.


VEJA AS EMPRESAS MAIS RECLAMADAS


CONSTRUTORA RECLAMAÇÕES
GAFISA/TENDA 131
PDG 57
MRV 46
NOVA DELHI INCORPORADORA 25
ATUA 21
CAPRI INCORPORADORA 12
CURY CONSTRUTORA 12
LIVING 11
BROOKFIELD 9
TRISUL 8
Fonte: Procon


PRINCIPAIS QUEIXAS
  • Não cumprimento do contrato/proposta
  • Dúvidas sobre cobranças (taxas etc.)
  • Cobrança de taxa indevida (elaboração de contrato, aferição de idoneidade etc.)
  • Qualidade da construção (vícios, defeitos, vazamentos, impermeabilização etc.)
  • Devolução de sinal, valores pagos (negocio não concretizado)
OUTRO LADO


As construtoras que lideraram o ranking disseram que estão fazendo investimentos para reduzir os problemas gerados aos clientes. Dizem ainda que as reclamações representam uma fração dos projetos vendidos e entregues em São Paulo.
A MRV disse que as 46 reclamações que recebeu representam apenas 0,0046% do total de clientes. A PDG sustenta que apenas uma parte dos projetos está atrasada e que vai entregar 31 mil unidades até o fim do ano.
A Brookfield e Trisul informaram que estão investindo no atendimento às demandas de clientes.
A Atua e a Living alegaram desconhecimento do conteúdo de todas as reclamações que embasaram o ranking elaborado pelo Procon-SP.
O grupo Gafisa disse que Gafisa e Tenda são empresas distintas e que 85% das queixas referem-se à Tenda, adquirida em 2008, "quando tinha mais de 25 mil unidades atrasadas", das quais mais de 23 mil já foram entregues. "A Tenda esclarece ainda que parte deste volume de reclamações refere-se a cancelamentos de contratos com clientes que não têm o financiamento bancário aprovado, por desenquadramento do perfil financeiro", afirmou.
A assessoria da Cury Construtora e Incorporadora, joint-venture entre a Cyrela e a Cury Empreendimentos, disse que não iria se pronunciar sobre a lista.
Executivos das construtoras Nova Delhi e Capri não foram localizados. 
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1091882-atraso-na-entrega-e-maior-reclamacao-contra-construtoras-diz-procon-veja-lista.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário